Google Translator

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Uma provocação chamada...Olavo de Nha Daluz


Diz-nos assim o Olavo, numa crónica deliciosíssima publicada aqui no seu blog:

"É vital e urgente protagonizarmos, nos níveis individual e colectivo, uma reflexão profunda, verdadeira e ética que nos permita finalmente dividir o respeito humano e o mérito numa perspectiva radicalmente oposta. Retirar nossos joelhos doridos desse chão nojento em nos encontramos prostrados diante de falsas deidades e erradicar essa maldita ideologia que é utilizada como instrumento de alienação e de dominação. Essa é uma das trilhas da independência…aquela que ainda não começou." (ler o texto completo aqui).

Nem sempre concordo com o Olavo, e costumamos ter já acesos debates sobre os mais variados assuntos. Mas o Olavo é daquelas pessoas que inevitavelmente nos faz crescer bons centímetros de conhecimento a cada debate. Pela sua maestria analítica, sua visão holística e intrinsecamente "humana" do universo, pela beleza do verbo, pela tranquilidade das palavras, pela provocação, pelas outras perspectivas, pela poesia. Olavo é um poeta. Melhor: um artista completo na verdadeira acepção da palavra - sem que tenha a mínima pretensão de o ser. E aqui reside, se calhar, um dos seus traços mais salientes - a humildade.

Não concordo com tudo o que escreveste neste post, compadre. Mas um obrigado sincero por me levar a reflectir numa outra perspectiva... Fica desde já marcada a conversa este final de semana eh eh eh!


.

1 comentário:

Arsénio disse...

O meu amigo Olavo dando mais um best.