Google Translator

quarta-feira, 15 de agosto de 2007

Janelas para quê?


Janelas para quê

se do outro lado da ponte

apenas a terra crã da ilha

no poema azul dos meus olhos?
.
.

("Janelas para quê" - foto de Paulino Dias, casa no Norte, Santo Antão)


2 comentários:

Daniela Mann disse...

Caro Paulino,
Que prazer recebê-lo no meu amar-ela! será sempre benvindo com seus comentários e opiniões que tanto enriquecem a dinamica das discussões que proponho.
Um abraço e se quiser pode linkar-se ao página amar-ela. Daniela

Vivianne Nascimento disse...

... apenas a terra crã, para recomeçar, para reconstruir, para buscar a bonança (o motivo maior), para inspirar... para o poema azul.

Abraço,
Vivianne