Google Translator

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Coisas boas da vida

  1. Nadar na praia de Quebra Canela às 06h da manhã antes de ir ao trabalho…

  2. Assistir ao pôr-do-Sol na Cidade Velha…

  3. Lua cheia na estrada Ribeira Grande / Porto Novo…

  4. Lua cheia na fortaleza da Cidade Velha…

  5. Ouvir Lúcia Cardoso a interpretar “É doce morrer no mar” no leitor do carro esta manhã…

  6. A meiguice da Patrícia, o sorriso da Rea, a simpatia da Lena, os olhos da Aline, a gargalhada do Ilídio, o violão do Calú d´Basila, a ternura da Míria, os poemas da Lili, as anedotas do Ká…

  7. O papo com o Olavo e o Tchindo na varanda da casa no sábado à noite…

  8. Vinho branco de Chã das Caldeiras, grogue de Ribeira da Torre, queijo do Norte, longuiça di Achadinha, pastéis de milho de São Domingos, sucrinha e põn de trança de São Vicente…

  9. Ler poemas do Vinicius em voz alta antes de dormir…

  10. A cachupa guizada do Café Bordalo no Plateau, aos sábados de manhã…

  11. Caminhadas com a galera no interior de Santiago…

  12. Dormir numa tenda na Praia de Tarrafal de Monte Trigo…

  13. Ouvir histórias da Dª Ângela (Dadá), lá em Água de Gato, São Domingos…

  14. Passear na Avenida Marginal em São Vicente com o cheiro do mar nas narinas…

  15. Os licores do Sr. José, na pensão em Fajã d´Água, Brava…

  16. Beber água de côco em Tarrafal de Santiago…

  17. Fotografar rostos da ilha…


    Querem continuar?


    (“Azul” – foto de Paulino Dias)

8 comentários:

Benvindo disse...

Olá Paulino,
eis o meu contributo:

18 - fazer a caminhada Cova - Paúl e, pelo meio, dar um mergulho no "Tanga" ou sentir no miolo as límpidas e fresquíssimas águas da Cachoeira

19 - Beber numa tarde de domingo uma calda de cana aí no "Nôs África" (Centro Comercial do Sucupira) e viajar, em pensamento, pelas entranhas da nossa ilha, enquanto aprecias ao vivo o "trapichar" da cana

20 - enfim... sentir a caboverdianidade na sua expressão mais pura ao ler o "Rumores" de Jorge Barbosa

Um abraço
Benvindo

Eurídice Furtado Monteiro disse...

21. Calheta (São Miguel)
Escutar o silêncio numa noite de luar, a partir de uma varanda voltada para o mar;

22. Assomada
Acordar cedo só para ver a chuva de Novembro e sentir o friozinho da manhã;

23. Praia
A solidão das noites longas de imaginação poética ou de lágrimas por amor;


Bjs
Eury

Paulino Dias disse...

Valeu, Benvindo/Eury!

Já anotei as vossas sugestões. Ah!, e vou experimentar também essas outras "coisas boas da vida" que apontaram, ok?

Abraços,
Paulino

djoyamado disse...

JÁ AGORA, UM VIGÉSIMO QUARTO: TER O PAULINO PARA LEMBRAR-NOS DE COISAS SINGELAS, MAS GRANDES, DE VÁRIOS CANTOS DA NOSSA TERRA.

FORÇA BRO!!!!

Paulino Dias disse...

Thanks, Djoy!

Um abraço,
Paulino

VIVIANNE NASCIMENTO disse...

...
deitar na cama e ouvir a chuva a cair, enquanto lemos um livro emocionante, o cheiro da terra molhada, acordar e ainda ter umas horas para dormir, comovermo-nos a ver um filme, realizar um sonho de há muito, Rób da Bruxa, uma boa risada, os amigos...
and so many others... s

Bom dia!

Paulino Dias disse...

Alô, Viviane!

Obrigado pela sua visita, e pelas sugestões de mais "coisas boas da vida"... Se calhar devemos criar um movimento com o objectivo de despertar as pessoas para este tipo de coisas, não achas?

Abração,
Paulino

VIVIANNE NASCIMENTO disse...

Olha isto é que é uma boa ideia oi ideia boa da vida, Paulino. Conta comigo! O meu contibuto será total.

Abraço enorme,
Vivianne.